quarta-feira, 14 de março de 2018

O sorriso unilateral


>






A paralisia facial, também conhecida como paralisia de Bell, é uma alteração neurológica que acontece quando o nervo facial é afetado por alguma razão, levando ao surgimento de sintomas como dificuldade para movimentar o rosto, falta de expressão em uma parte da face ou apenas a sensação de formigamento.

Os pacientes com paralisia facial parcial têm uma característica "sorrir unilateral" e uma dificuldade óbvia piscar um olho. Entre outros sinais que acompanham a doença, lembre-se: a saliva, dificuldade de rosto expressivo, dor na mandíbula e orelha, hipersensibilidade ao som, e o rápido início de fraqueza muscular nos músculos faciais envolvidos.

Na maioria das vezes, a paralisia facial é temporária, surgindo após estar exposto a temperaturas muito frias ou quando se está passando por um período de muito estresse, mas também pode ser uma sequela de problemas mais graves como uma infecção ou AVC, por exemplo.

Os sintomas mais frequentes da paralisia facial, ou de Bell, são:

  • Boca torta, que é mais evidente quando se tenta sorrir;
  • Boca seca;
  • Falta de expressão num dos lados da face;
  • Incapacidade de fechar completamente um dos olhos, de levantar uma das sobrancelhas ou de franzir a testa;
  • Dor de cabeça ou na mandíbula;
  • Aumento da sensibilidade do som num dos ouvidos.

O diagnóstico da paralisia facial é feito através da observação do médico e, na maioria das vezes, não é necessário realizar exames complementares. Contudo, para certificar-se de que se trata somente de uma paralisia facial pode-se recorrer à ressonância magnética.




Receba informações sobre Sua Saúde no Email

Comente:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comment

facebook

Outros Posts Sobre Saúde


Receba no seu Email:

Dúvidas? Entre em contato!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Todos os posts deste blog